Isabelle Reis

Escritora

Jornalista

Eu amo Literatura Nacional

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Três passos para fazer roteiros de livros


Muitos autores não trabalham com a técnica de escrever a sua história, antes mesmo dela ser escrita. E funcionam perfeitamente. Entretanto, existem grandes escritores, como George R. R. Martin, que parecem não ter noção de como um bom guia para o seu livro pode ajudar a fluir a história de forma mais fácil e visual.
É horrível não saber quais são os próximos passos que seus personagens vão dar, por isso, a ajuda com o roteiro é sempre bem-vinda, principalmente para quem tem o tão temido bloqueio criativo frequentemente. Por isso, vamos aprender como fazer um roteiro. Existem dois tipos de roteiro literário: o por capítulo e o que engloba a história toda.

Roteiro por capítulo

Coloque pelo menos cinco pontos principais que deverão ser abordados naquele capítulo. O bom de fazer um resumo de cada parte da história, é que, quando terminado, você já sabe, com certeza, quantas divisões seu livro vai ter. É uma visão mais concreta e profissional do que você está escrevendo. Te permite, a qualquer momento, colocar o tirar coisas que você imaginou em primeira instancia. Prático e organizado. Quer entender melhor como? Olha só:

      Capítulo 1

  • Maria conhece João na balada e vomita no pé do cara
  • Ela mostra para as amigas o cara com quem está ficando
  • João beija Maria
  • No dia seguinte, eles pensam que dormiram juntos, mas nada aconteceu
  • João pede para rever Maria

Roteiro de toda a história

Este tipo de guia é simples e fácil de fazer. Ele pode te dar uma visão macro de tudo o que você deseja colocar na história. Comece do começo (dã!) e distribua as partes que não podem faltar. Isso ajuda também a não esquecer a brilhante ideia que você teve e anotou naquele post-it que pode sumir a qualquer momento. Utilize asterisco, ponto, traço, ou o que você quiser para alertar sobre as partes importantes. Por exemplo:

  • Maria vai conhecer João na balada
  • João vai beijar Maria assim que saírem da boate
  • Maria vai contar para João que vai fazer mestrado na Europa
  • João vai atrás de Maria em Londres
  • ...


Organizando as ideias

Percebeu como isso vai clareando as ideias? Também ajuda a forçar um pouquinho sua criatividade e fazer com que ideias maravilhosas apareçam na hora em que você está escrevendo. Mas vamos entender que, o roteiro, por si só, precisa seguir alguns parâmetros para contribuir com uma história de sucesso. Afinal, não é só concluir que faz de um livro uma boa companhia. Por isso, verifique se seu livro tem estes pontos específicos:

  1. Uma boa ideia
  2. Um conflito bem desenvolvido
  3. Bons personagens
  4. Uma ação dramática (a estrutura do roteiro)
  5. Tempo dramático (quanto tempo vai durar cada capítulo. Uma hora, um dia, um ano...?)
  6. Unidade dramática (Aqui podemos falar que é o resultado final)


Depois que entender que seu livro tem tudo isso, é só correr para o abraço e não deixar que a escrita te consuma. É você quem consome a escrita. Crie hábitos, bons locais e tire nem que seja quinze minutos do seu dia para se dedicar ao seu livro. Vai ver como tudo vai parecer mais fácil de agora em diante.


Gostou das dicas? Elas foram tiradas da minha experiência e dos livros:

 

Esta é uma autora que sonha em ser romancista policial, mas já escreveu aventuras, crônicas, livro adolescente e, ah, meu Deus! Deixa para lá, só ser escritora já está bom!

1 comentários:

  1. Adorei a matéria! Eu tento dividir meu roteiro por capítulos para me organizar o máximo possível!

    ResponderExcluir

Entre em contato!

Email

isabellereis@live.com

Quer tirar dúvidas sobre a Publiquei Editorial?

contato@publiqueirevista.com

Até logo!